quinta-feira, 5 de junho de 2014

Rosinha inaugura estrada alternativa para Porto do Açu

A Prefeita Rosinha Garotinho inaugurou na noite desta quinta-feira (05) a 21ª obra deste ano. A solenidade de entrega das obras de construção na localidade de Babosa, na Baixada Campista, contou com nova base e asfaltamento. Trata-se da rodovia municipal que liga várias localidades da Baixada Campista ao Pólo Ceramista e cria alternativa de acesso do Farol de São Tomé e outros distritos para o Porto do Açu, a partir da RJ-216 (Campos-Farol). 

A rodovia reestruturada liga localidades como Babosa a Mulaco e Babosa a Boa Vista, próximo do Heliporto do Farol de São Tomé, além de permitir entroncamento com uma malha de outras estradas estratégicas da Baixada Campista, beneficiando moradores, comerciantes e produtores rurais que exercem atividades econômicas diversas, como a cerâmica, agricultura e pecuária.

- Temos feito melhorias de muitas estradas, principalmente na Baixada Campista, que é muito extensa e recebe investimentos importantes que vão demandar a movimentação intensa de cargas e de pessoas. Muitas estradas da Baixada são caminhos para o Porto do Açu e para o Complexo Logístico Naval e Industrial Farol/Barra do Furado. Estamos construindo infraestrutura para preparar Campos para o crescimento com desenvolvimento. Recebi hoje no meu gabinete, um empresário que apresentou o plano de obras para a construção do primeiro estaleiro do Complexo Logístico e a Base de Logística. São empreendimentos que vão gerar milhares de empregos e precisamos preparar a infraestrutura. Somente para esta primeira empresa serão necessários hotel com 120 leitos na fase inicial. A empresa vai gerar 800 empregos diretos na sua fase de consolidação - anunciou a prefeita, que nesta sexta-feira (06) vai inaugurar a Estrada de Correnteza.

A população aprovou a qualidade das obras. “Quando fizeram o asfaltamento dessa estrada, há 15 anos, colocaram uma máquina às 8h da manhã em Boa Vista misturando o pó da estrada com cimento e depois vinham passando o asfalto fino por cima. O serviço terminou às 5 horas da tarde, mas na primeira chuva desmanchou tudo e ficamos abandonados, com muitos buracos, poeira e lama quando chovia. Agora estou muito feliz, porque lembraram de nós”, declarou o líder comunitário Edinho de Babosa.

- Uso moto e carro e essa estrada era muito cheia de buracos e provocava muitos acidentes com motocicleta. Agora, com essa maravilha de estrada, a gente pode encurtar caminho. Antes, para fugir da buracada para chegar ao Farol de São Tomé, a gente tinha que pegar outra estrada e ir até Baixa Grande, com trecho de 20 minutos. Mas agora depois dessas obras que resultou numa estrada nova, vamos direto daqui da Babosa até Boa Vista e economizamos muito tempo e combustível - declarou o pedreiro Luiz Carlos de Freitas.

- Depois que terminou a obra fui de motocicleta daqui até Boa Vista e nem acreditei no tapete que ficou a estrada. A obra tem qualidade aprovada, porque o asfalto não é fininho e está muito bem feito, sem nenhuma imperfeição e não vamos ter mais tantos acidentes com motos - declarou Ivan Monteiro, morador há 45 anos e que aprovou as obras da Estrada.